Cuidador de idosos: uma profissão necessária

C

Com o aumento da população idosa no país podemos observar um crescimento na procura por cuidadores de idosos, que já há alguns anos é a profissão que mais cresce no país. Segundo levantamento de 2018 do Ministério do Trabalho, a profissão cresceu cerca de 547% em 10 anos, dado que até então estava ligado principalmente ao aumento da expectativa de vida da população brasileira.  

No entanto, durante a pandemia de covid-19 muitos idosos ou seus cuidadores primários familiares tiveram sua saúde ainda mais prejudicada devido a sequelas da doença, como dificuldade respiratória, motora e mental, o que causou um aumento na demanda por profissionais treinados em residências, hospitais e casas de repouso. 

Os números ainda não são exatos, mas empresas especializadas na terceirização de profissionais domésticos, já apontam um aumento de 50% na procura por cuidadores de idosos e esse número pode subir ainda mais até o final e após a maior crise sanitária do nosso tempo. 

A capacitação profissional é indispensável para o cuidador de idosos 

Apesar de muitas pessoas trabalharem sem formação na área, o treinamento adequado não só garante as melhores oportunidades de trabalho, como maior segurança para o profissional e para o idoso. 

O curso é, portanto, uma forma de ensinar ao profissional como a assistência deve ser prestada visando proporcionar cuidado e evitar danos a saúde do idoso, independentemente se ele apresenta ou não alguma patologia. 

A regulamentação e capacitação profissional se tornam necessárias no sentido justamente de garantir que o idoso esteja sobre os cuidados de uma pessoa que compreenda o Estatuto do Idoso, que saiba administrar medicações corretamente, os princípios da alimentação saudável para a terceira idade, entre outras especificidades inerentes a profissão. 

Particularidades essas como a mobilidade do idoso, saúde mental e outros pontos relacionados a saúde do corpo e da mente. Os cuidados adequados necessários para garantir a higiene e conforto ao paciente também são temas tratados na profissionalização e são indispensáveis para um bom atendimento. 

Como se qualificar para o mercado de trabalho 

A capacitação profissional de cuidador pode ser obtida através de curso profissionalizante de curta duração, em média de 6 meses.  O curso serve também para familiares que querem prestar assistência aos idosos da família de forma mais adequada. 

O curso Cuidador de Idosos oferecido pelo Curso Evidente possui 120 horas de duração e metodologia própria, sendo atualmente ministrado na modalidade EAD com aulas 1x por semana. Assim você pode obter a certificação em tempo recorde e aproveitar de aulas com professores especialistas e acompanhamento pedagógico completo. 

 

Ficou interessado no curso? Envie-nos uma mensagem no inbox do Facebook ou no Direct do Instagram que iremos te direcionar as unidades que estão com matrículas abertas no momento. 

 


Outros destaques