10 Dicas de como estudar interpretação de texto para mandar bem no Encceja

S

Saber interpretar bem um texto é fundamental para se dar bem em qualquer prova, desde a leitura de enunciados até a proposta da redação, pois a capacidade de captar o que se é proposto pode melhorar suas chances de acertos ou resultar em respostas erradas, pelo simples fato de não ter entendido a pergunta. 

Então se você pretende prestar a próxima prova do Encceja ou outro exame supletivo de certificação do Ensino Fundamental ou Médio, atente-se as dicas de como estudar interpretação de texto para aprimorar essa competência. 

1. Leia, leia muito. 

Desenvolva o hábito da leitura. Muitas vezes a dificuldade em entender textos mais extensos vem da falta de prática da leitura e a forma mais eficiente de corrigir isso é lendo.

Busque textos de assuntos que te interessem, sejam eles de ficção ou de não-ficção, em formato de livros, histórias em quadrinhos, matérias de jornais e revistas (on e offline), entre outros. O importante é que a prática da leitura faça parte do seu dia a dia. 

2. Interpretação de texto é importante em todas as áreas do conhecimento

A dificuldade em interpretação de texto pode te atrapalhar não somente em perguntas da prova de linguagens, mas de disciplinas de outras áreas de humanas como História e Geografia, e de ciências naturais e Matemática.

Por isso, quando estiver estudando para essas matérias, leia os textos teóricos e enunciados das questões com bastante atenção. Aos poucos você vai perceber que muitas vezes há dicas da resposta correta ou de como resolver equações na própria pergunta. 

3. Tamanho não significa complexidade 

No Encceja, as questões não costumam ser muito longas, como as do Enem, por exemplo, porém, é bastante comum que contenham textos e outros elementos de apoio, como gráficos, tabelas, tiras, figuras, etc. É importante saber interpretar e conectar todos estes elementos para responder as perguntas com confiança. 

Por isso, não tenha medo se a questão for um pouco mais longa, além do comando, estes outros componentes podem te ajudar a resolvê-la. 

4.  Não fuja de palavras desconhecidas 

Durante a leitura, especialmente de textos didáticos, é comum que encontremos palavras desconhecidas. Quando isso acontecer, não interrompa a leitura, mas sim leia até o final da frase ou parágrafo, por dois motivos. O primeiro é que você pode acabar entendendo o significado da nova palavra pelo contexto e segundo, para não perder o fio da meada. 

Caso, mesmo assim, você não compreenda o que acabou de ler, procure no dicionário o significado da palavra e releia todo o texto, dessa forma dando mais sentido a ele. 

5. Busque antônimos e sinônimos 

Além do significado, é importante conhecer variações das palavras, isso irá enriquecer seu vocabulário e te ajudar a interpretar textos que contenham expressões pouco comuns e a responder questões da prova, visto que é possível encontrar perguntas que exploram essa relação de significado x sinônimos e antônimos.

Além disso, os sinônimos colaboram para tornar um texto mais coeso, ao evitar a repetição de termos, o que possibilita a produção de uma redação mais rica. 

6. Faça palavras-cruzadas e caça-palavras

Atividades como palavras-cruzadas e caça-palavras podem te ajudar a melhorar na capacidade de interpretação, memorização e atenção, além de acrescentarem palavras ao seu vocabulário e melhorarem sua ortografia e consequentemente, sua habilidade na produção de textos. Além de, obviamente, ser uma forma mais descontraída e divertida de aprender. 

7. Inverta a ordem de leitura

Quando sabemos o que estamos procurando, fica muito mais fácil achar, não é verdade? Um truque bastante útil é ler o comando da questão antes do texto introdutório. Essa tática pode te ajudar a responder questões objetivas com mais tranquilidade, pois você saberá qual parte do texto deve ser o foco da sua atenção. 

8. Faça resumos 

A interpretação de texto nada mais é que a capacidade de identificar quais são as ideias principais e secundárias de um texto, independente de seu tamanho. Por isso, frequentemente faça resumos, preferencialmente a mão, das suas leituras diárias, isso irá te ajudar a condensar o que foi lido e a identificar os pontos mais importantes de um texto. 

9. Grave aulas para si mesmo

Os resumos escritos são ótimos, e podem servir inclusive como roteiro para você dar aulas para si mesmo. Isso mesmo, grave em áudio ou vídeo explicações dos conteúdos estudados e utilize este material durante a etapa de revisão, tão comuns antes das provas, e aproveite para relembrar os pontos principais da forma que você interpretou. 

10. Leia e releia quantas vezes forem necessárias

Nem sempre o entendimento completo de um texto com o qual não se tem familiaridade se dá na primeira tentativa, por esse motivo leia quantas vezes forem necessárias, voltando ao texto completo ou a partes dele, até que o conteúdo faça sentido para você. 

 

Quais EviDicas você quer ver por aqui? Comente nos comentários e compartilhe este post em suas redes sociais. 


Outros destaques